Para instalar o Windows Server através de CD, temos três opções a primeira que já conhecemos muito bem é a instalação direta do CD na etapa de boot  do computador.  A segunda forma de instalar é em caso de você ter, por exemplo outra versão do Windows Instalada já em seu PC, assim executando o CD a partir desta instalação e selecionando a opção para setup do Windows Server os arquivos necessários serão copiados para o HD e na próxima reinicialização a instalação do Windows Server 2003 começa (se você realizar por este método tenha em mãos o serial do Windows). Como terceira opção você pode copiar a pasta I386 do CD e a partir deste ponto rodar o setup indo dentro do diretório I386  e utilizando os comandos WINNT ou WINNT32 (dependendo do seu sistema operacional anterior). Realmente não importa muito o caminho que você tomar para iniciar a instalação, pois depois que for executado o setup os passos subsquentes são os mesmos. Assim se o boot for através do CD a tela preta abaixo aparecerá e tudo o que você tem que fazer é pressionar qualquer tecla.

Iniciando o processo de instalação do Windows Server 2003

O setup começa carregando a tela azul no modo texto (sem a GUI) após isto automaticamente o setup começa a carregar os drivers necessários para as fases seguintes do proceso de instalação. Quando os drivers forem carregados, você será convidado a aceitar o EULA e a escolher em qual partição o Windows Server será instalado. Se não existir nenhuma partição você deverá criar, se você quisar modificar as partições, alterar, excluir o momento é este. Com tudo pronto é só escolher a partição e apertar o enter para instalar. Você será convidado para formatar a partição escolhida podendo escolher o sistema de arquivos FAT32 e NTFS. Sugiro escolher o sistema de arquivos NTFS e para formatar escolher o processo lento e não o rápido. Pois o rápido realiza apenas uma formatação “virtual” do HD falando em linhas gerais.

Depois de escolher o processo de formatação é inciado, tudo o que temos que fazer nesta etapa é esperar e se o espaço da partição for grande temos que esperar muito.

Assim que for finalizado a formatação o setup copiará os arquivos necessários para o prosseguimento da instalação como os drivers para suporte a CD, uma pasta local I386 rede, etc.

Com tudo copiado o setup reiniciará para ir para a próxima etapa da instalação já no modo gráfico.

Segunda parte da instalação em modo gráfico

Após a reinicialização e boot o processo de setup inicia no modo gráfico.

Quem já instalou outros sistemas operacionais da família Windows, achará a tela de instalação bem parecida com as demais versões.

Agora o setup começará a carregar os drivers baseado no hardware do seu computador. Nesta etapa você não precisa fazer nada.

Depois da etapa anterior, chegou a nossa vez de configurar as opções regionais e de idioma. Muitas pessoas simplesmente deixam as configurações padrão e já clicam em “Avançar”. Mas muitas vezes o teclado fica desconfigurado, assm temos que adicionar o layout de teclado ABNT2 se caso aplicar para você.

  • Configurações locais, não é necessário mexer. Pois a isntalação que está sendo utilizada é a do Windows Server 2003 em português do brasil.
  • Layout do teclado atual – Oferece suporte ao teclado que você utiliza. O layout do teclado determita os caracteres que irão aparecer quando você pressionar alguma tecla do teclado. Como a instalação é em português do Brasil e em nosso país o modelo que utilizamos é o ABNT2 temos que instalar. Um meio fácil de saber se o nosso teclado é ABNT2 é verificar se ele tem a tecla do cê cedilha “ç”. É claro que se o seu teclado não tiver, deixe nas configurações padrões. Assim é só clicar em detalhes e em idiomas de entrada padrão selecionar “Português (Brasil) – Português (Brasil – ABNT2).

Informe o seu nome e o nome de sua empresa.

Agora entre com o número da licença (Geralmente ele vem em uma etiqueta amarela na caixa em que o CD veio).

Nesta etapa o programa de instalação pergunta como será o esquema de licenças para o servidor. Existem duas opções que são “Por Servidor” (esta opção determina quantas conexões simultâneas oservidor poderá ter, que no caso padrão vem informado o número 5). Ou a outra opção que é o  licenciamento “Por usuário” (Não há limite máximo para as conexões ao servidor, pois cada cliente terá sua licença). Em nosso caso como é uma instalação de teste e típica deixe tudo no padrão e clique em “Avançar”.

Agora digite o nome do seu computador e uma senha para a conta do Administrador. Só para deixar as coisas claras a conta local do Administrador fica no SAM do computador e não no Active Directory (AD). Se caso você estiver instalando em um domínio, informe no nome do computador referente ao domínio de sua rede.

Se você tiver informado uma senha em branco ou fraca o Windows dará uma mensagem de perigo, para informar sobre a baixa complexidade da senha.

Agora temos que configurar a data e hora do nosso servidor se caso não estiver correto.

Agora o setup começará a instalar os componentes da rede.

Agora vamos para as configurações de rede. Para o nosso caso basta escolhermos as configurações típicas e clicar em “Avançar”.  Se caso você tiver a necessidade de colocar configurações de rede personalizadas, você poderá fazer. Para esclarecer melhor geralmente escolhemos as configurações típicas se a nossa realidade se aplicar a alguma das situações abaixo:

  • Você tem uma rede DHCP configurada.
  • Você tem um outro computador rodando o Internet Connection Sharing (ICS).
  • Você está em um ambiente de grupo de trabalho e não tem planos de ter outros servidores ou outro Active Directory e todos os outros membros do grupo de trabalho estão configurados da mesma maneira.

Agora o setup pergunta se desejamos ingressar o nosso servidor em um Workgroup ou em um domínio. Em nosso caso vamos deixar no Workgroup pois mais tarde poderemos configurar para entrar em outro domínio.

Após a etapa anterior o setup entrará na etapa final da instalação. Nesta parte não precisamos fazer mais nada. E quando o computador reiniciar novamente já iremos estar dentro do Windows Server 2003.

Depois da reinicialização estamos já dentro do Windows Server.

Instalação dos Drivers

A minha dica agora é para instalar todos os drivers do seu computador. Placa mãe, placa de som, rede, modem, vídeo, wireless e tudo mais. Muitas pessoas deixam isso para trás pois como este Windows é para Servidor não é nessário ter som nada, bom acredito que isso seje um grande erro. Se você não quiser instalar o driver é melhor tirar a placa e guardar. Digo isso porque um hardware mal instalado ou instalado com os drivers genéricos não irá funcionar em sua totalidade deixando o sistema lento e muitas vezes travando. Então para você evitar problemas futuros, instale todos os drivers deixe seu servidor bem redondinho. Na instalação que fiz aqui além de instalar todos os drivers chipset, wireless, rede, etc aproveitei para atualizar a BIOS do meu servidor que estava desatualizada. Deixando todo o hardware certinho é a melhor e mais prudente escolha.

Atualizando o Windows Server 2003

O Windows Server 2003 como está em seu nome é um sistema lançado no ano de 2003 e de lá pra cá muita coisa nova e mais segura foi lançada. Para isso a Microsoft lançou pacotes de atualização chamados Service Pack e temos que instalar estes pacotes de atualização para deixar o sistema funcionando 100%. Os meus CDs de instalação do Windows Server 2003 são 3. O primeiro CD é a instalação do Windows propriamente dita, o segundo CD por sua vez é uma atualização que deixará o sistema na versão Windows Server 2003 R2 que inclui muitos componentes novos e atualizados e por último temos o CD de número 3 que nada mais é que o Service Pack 2 para o Windows Server. Com tudo isto instalado teremos um servidor mais seguro, robusto e rápido. Então não deixe de instalar estas atualizações e novas funcionalidades!