Instalação e configuração Failover Clustering (Windows Server 2008)



Abaixo está o procedimento para instalação inicial do cluster, na versão Beta 3. 

1. Caso você tenha instalado o Windows Server 2008 recentemente, a tela “Initial Configuration Tasks” é exibida, conforme figura abaixo.



Se a tela acima aparecer, em "Customize This Server", clique "Add features". Então vá para o passo 3.


2  .    Vá em "Start" > "Administrative Tools" > "Server Manager" > "Features Summary" > "Add Features". (Caso a caixa de diálogo do “User Account Control” aparecer, clique "Continue".)



3.       Em "Add Features Wizard", clique "Failover Clustering" e depois "Next".



4.       Em "Confirm Installation Selections", clique "Install".



5 .      Aguarde enquanto a funcionalidade é instalada.  



6.       Em "Installation Results", clique "Close".



7 .      Repita este processo para cada servidor a ser inserido no cluster.


Esta é a primeira parte em uma série de três artigos abordando a funcionalidadeFailover Clustering, presente no Windows Server 2008.

Abaixo está o procedimento para instalação inicial do cluster, na versão Beta 3.


Assistente de criação do cluster, Criação de resource groups (no caso, SQL Server 2005), Configuração das dependências, Configuração da seqüência de failover preferencial

Abaixo estão os procedimentos passo-a-passo listados acima.

Rodar "Create Cluster Wizard"

8.       Para abrir o snap-in do cluster, clique "Start" > "Administrative Tools" > "Failover Clusters Manager" (Caso apareça a caixa de diálogo do “User Account Control”, clique "Continue").


9.   Confirme que a opção “Failover Cluster Management” está selecionada. No painel central, clique "Create a cluster". 



10.    Em “Before You Begin”, clique "Next".


11.   Em “Select Servers”, adicione todos os nós que serão membros do cluster que está sendo criado.


12.   Em “Validation Warning”, habilite a opção "Yes. When I click Next, run the configuration validation tests, and then return to the process of creating the cluster". É altamente recomendado que este processo de validação seja finalizado antes da criação do cluster.


 Observação: se um teste de validação “completo” do cluster já foi feito em todos os nós, esta tela não será apresentada.

Atenção: já foi publicado aqui no blog um post específico sobre a validação. Basicamente, apresentamos o passo-a-passo da ferramenta, que não somente verifica todos os componentes a fazer parte de um novo cluster, como também analisa uma configuração já existente. O resultado é um arquivo ".html" com o status de todos os itens, incluindo sistema operacional, storage e rede.


13.   Em “Access Point for Administering the Cluster”, digite o nome e o endereço IP para o cluster . Clique "Next".


Observação: se os nós estão em subredes diferentes e IPs estáticos forem utilizados, será necessário inserir um endereço estático para cada subrede válida nas quais estarão os nós do cluster. O nome do cluster, que depende de um recurso de endereço IP (ou múltiplos), estará online se pelo menos um recurso de endereço IP do qual ele depende puder ficar online.


Após o assistente rodar e a página “Summary” aparecer, para visualizar um relatório das tarefas executadas pelo assistente, clique "View Report".


Criação dos resource groups para as instâncias do SQL


No failover cluster Windows Server 2008, é necessário criar manualmente um resource group para os discos utilizados por cada instância, antes da instalação do SQL Server 2005.


14.   Em "Failover Cluster Management", clique com o botão direito em "Services and Applications". Clique "More Actions" > "Create Empty Service or Application".


15.   Após o item "New service or application" estar "Online", clique "Rename" e digite o nome do grupo para cada instância do SQL (por exemplo, "Group01").


16.   O próximo passo é adicionar os discos ao grupo. Clique "Add storage". 


17.   Confirme que o storage foi adicionado e consta como "Online".


Configuração das dependências

18.  Em "Failover Cluster Management" > "Services and Applications" > "Group", selecione o segundo disco. Clique "Properties".


19.  Na guia "Dependencies", na primeira linha selecione o disco. Clique "Apply" e depois "OK".


20.  Repita este procedimento para todos os grupos necessários.


Configuração da seqüência de failover preferencial

21.  Em "Failover Cluster Management" > "Services and Applications", selecione um grupo e clique com o botão direito. Clique "Properties".


22.  Na guia "General", escolha a ordem de failover de acordo com o desejado. Clique "OK".


23. Repita o procedimento para todos os grupos necessários.


Cluster Group                      Sequencia de FailOver

Group01                      SERVER01 -> SERVER02

Group02                      SERVER02 -> SERVER01


Instalação do MSDTC (Distributed Transaction Coordinator) como recurso no cluster.

24.    Clique "Failover Cluster Management" > "CLUSTER.DOMAIN" > "Services and Applications" > "Configure a Service or Application".



 

25.   Iniciará o "High Availability Wizard". Em “Before You Begin”, clique "Next".




26.  Selecione "Distributed Transaction Coordinator (DTC)" e clique "Next".


27.  Em “Client Access Point”, digite o nome (por exemplo, "MSDTC") e endereço IP através dos quais será acessada a aplicação pelos clientes. Clique "Next".


28.  Selecione o local para armazenar o diretório "MSDTC Log". Clique "Next".


29.   Confirme as informações inseridas, e clique "Next".

30.   Aguarde enquanto é executado o processo de configuração.


31.  Ao término do assistente, é gerado um relatório de sumário com as informações. Clique "View Report".


32.  Clique "View Report" e um relatório será exibido no Internet Explorer.



33.  O relatório está armazenado com os outros relatórios de configuração, em %windir%\cluster\reports.


34.  Em “Failover Cluster Management“, os recursos já devem estar com o status "Online".



Caso seja necessário configurar outro(s) serviço(s) DTC para alta disponibilidade, é possível inseri-lo(s) no grupo de recursos do(s) outro(s) nó(s) do cluster. Ao término deste processo, o resultado é conforme a figura abaixo.



Para cada instância em cluster do MSDTC, uma pasta chamada “MSDTC” é criada no recurso de disco físico localizado no mesmo grupo do recurso MSDTC.  Este é o local no qual o arquivo de log é armazenado para aquela instância específica do MSDTC.